Apresentação

Neste ano, o Assim Vivemos chega à sua 10a edição e aos 18 anos de existência. Temos muito a celebrar. Sobretudo, o quanto as pessoas com deficiência conquistaram durante este período: uma presença cada vez maior e mais significativa nas escolas, no trabalho, na política, na mídia.

Isso não quer dizer que não haja ainda muito a ser conquistado e nem que não seja necessário defender conquistas que já pareciam estabelecidas. A dinâmica da sociedade nos exige engajamento incessante e atenção permanente.

A convivência entre diferentes emerge como um valor fundamental dos filmes deste festival. Através deles, aprendemos a reconhecer a força transformadora da presença das pessoas com deficiência em todos os meios, melhorando a vida para todos, proporcionando benefícios mútuos e múltiplos.

Foram selecionados, para esta edição, 29 filmes de 14 países. Dentre os quais, o Brasil se destaca, não apenas pelo grande número de filmes selecionados, sete, mas, principalmente, por ser uma produção diversificada que busca aprofundar a discussão e ampliar o escopo do debate.

Lara Pozzobon e Gustavo Acioli – curadores

This year, Assim Vivemos reaches its 10th edition and 18 years of existence. We have a lot to celebrate. Above all, we celebrate how much people with disabilities have achieved during this period: an increasing and more significant presence in schools, at work, in politics, in the media.

This does not mean that there is not still much to be achieved, nor that it is not necessary to defend achievements that already seemed established. The dynamics of society demand constant engagement and constant attention.

The coexistence of different people emerges as a fundamental value of the films in this festival. Through them, we learn to recognize the transforming force of the presence of people with disabilities in all environments, improving life for everyone, providing mutual and multiple benefits.

For this edition, 29 films from 14 countries were selected. Among which, Brazil stands out, not only for the large number of selected films – seven – but mainly for being a diversified production that seeks to deepen the discussion and broaden the scope of the debate.

Lara Pozzobon e Gustavo Acioli – curators